Silêncio que espera

Os livros acumulam-se pela casa. Cobrem as paredes, enchem as prateleiras dos armários. Aguardam-nos calados com suas páginas apertadas onde o pó e a humidade se infiltram. Disciplinados.

(…)
A memória é um silêncio que espera, uma provação da paciência.

Ana Hatherly

Advertisements

Os Despojos do Dia

 

Kazuo Ishiguri

“Os Despojos do Dia” de Kazuo Ishiguro

Já conhecia o autor antes de ele ter recebido o Prémio Nobel e este livro estava na lista de espera.
Gostei muito da delicadeza que transpira em todas as páginas, fruto talvez de um mundo antigo que o autor explora magnificamente. O envolvimento político e emocional dos personagens é relatado de um modo típico dos escritores ingleses, talvez levado ao auge pelos antecedentes japoneses do autor.

5 Estrelas!