Confiar

Escritores não confiam no mundo. Basta ler as suas obras para perceber o que não podem manter escondido.

E não confiar no mundo não é não confiar nas pedras, nas águas, nas árvores ou mesmo no fogo.

Por isso, a natureza de isolamento inegável do escritor. Natureza que, obviamente, ele trai, movido sabe-se lá por que esperança e, inúmeras vezes, apenas para confirmar a razão dessa natureza.

ler_e_preciso

Adriane Garcia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s